Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

 

Você tem ouvido falar que é preciso reduzir o sal da alimentação? Mesmo quem não deve seguir rigorosamente uma dieta de controle de sódio precisa prestar atenção à maneira como está consumindo o sal, apontado por muitas especialidades médicas como um vilão para a saúde pelo potencial de desenvolver doenças cardiovasculares. Mas comer com menos sal é possível? Sim, e pode ser uma experiência deliciosa que lhe permitirá descobrir novos sabores e explorar novas sensações. Como, então, adquirir esse novo hábito?

 

Como todo novo hábito, comer com menos sal é uma questão de persistência. Alessandra Paula Nunes, nutricionista e consultora da Menu You fala em treinar o paladar. “As pessoas associam uma alimentação sem sal a uma alimentação sem sabor e isso não é verdade”, observa a nutricionista. Há uma série de alternativas ao sal para garantir e expandir as possibilidades de sabor na refeição.

 

Ervas e condimentos

Um dos recursos usados para conferir sabor e aroma aos pratos é o uso de ervas desidratadas. Elas são bastante usadas na cozinha Menu You, que desenvolveu uma receita de sal de ervas combinando alecrim, orégano, salsinha e o próprio sal. “A base é o sal, porém, com esse mix de ervas desidratadas. Diminuímos assim o sal e garantimos sabor sem prejudicar a saúde", diz a nutricionista.

 

A cozinha Menu You também recorre à mostarda caseira e a condimentos como a páprica e a cúrcuma, todos selecionados com algum propósito e para trazer algum benefício ao organismo.

 

Para muita gente, por falta de costume do paladar, é difícil acostumar-se à redução do sódio e apreciar esses sabores no prato logo de cara. Alessandra dá algumas dicas para adquirir esse novo hábito alimentar tão importante.

 

Adaptação

A fase de adaptação costuma ser a mais crítica. É preciso adaptar o organismo aos poucos. Tempo e persistência são importantes nesse processo. Para fazer a redução de açúcar, por exemplo, Alessandra sugere ao paciente que tome um dedo de café sem adoçar na primeira semana, dois dedos na segunda e assim progressivamente. Se encarar o treino do paladar com rigor, provavelmente a pessoa terá aprendido a apreciar e se acostumado ao gosto do café amargo.

 

Permitir-se sentir o sabor dos novos alimentos

Após reduzir ou eliminar o consumo do sal, é importante permitir-se sentir e apreciar o sabor dos ingredientes que o substituirão. “É importante segurar o alimento na boca por alguns instantes, sentir a textura, o cheiro, deixar o alimento em contato com as papilas. Quando vê, vira um estilo de vida”, ressalta Alessandra.

 

Para você, reduzir o sal na alimentação é possível? Quais são as suas principais dificuldades e quais ingredientes você tem usado para garantir aroma e sabor, reduzindo o teor de sódio das refeições? Compartilhe conosco.