Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Frete grátis acima de R$ 300,00

O coronavírus alterou a rotina de diversas pessoas, principalmente no âmbito profissional. Muitos que trabalhavam em escritórios passaram a exercer suas atividades no modelo home office. Dessa forma, adaptar a alimentação a rotina profissional virou um grande desafio. No entanto, a nutricionista e consultora da Menu You, Nayara Macêdo, mostra que é possível se alimentar bem mesmo no home office. Quer saber como? Continue nos acompanhando!

 

Antes de tudo, a nutricionista alerta que a disciplina com a alimentação é fundamental. “Quando temos hábitos e horários regulares conseguimos controlar melhor a ingestão alimentar. Portanto, disciplina é de suma importância para garantir todos os benefícios”, diz. Além disso, Nayara destaca que uma alimentação saudável colabora também para a produtividade. “Ela fornece ao corpo os nutrientes que são protagonistas no auxílio ao bem-estar físico e mental, o que consequentemente aumenta a produtividade e disposição”. Agora, a nutricionista aponta algumas práticas que devem ser adotadas no dia a dia para quem deseja se adequar a rotina e ter uma boa alimentação.

 

Nada de interferências na hora da alimentação   

 

Seja na hora das refeições ou na hora do lanche é importante que não haja interferências do trabalho, da televisão ou até mesmo do celular. “O comer consciente com foco total na mastigação e no alimento irá garantir que tenhamos a percepção da saciedade, o que evita o consumo exagerado”, explica a consultora da Menu You.

 

Evite beliscar durante o dia

 

O recomendado é que não haja aquele famoso belisco durante o dia, mas caso ocorra, o ideal é optar por alimentos mais saudáveis. “Substitua os biscoitos industrializados e os doces por frutas, iogurtes, snacks e biscoitos saudáveis que são aqueles reduzidos em açúcar, sódio e gorduras”, aconselha Nayara.

 

Atenção ao consumo do cafezinho

 

A nutricionista explica que o consumo é contraindicado para pessoas que sofrem de ansiedade, insônia ou intolerância a cafeína. Para os demais, não há restrições, mas a recomendação é de que o consumo não passe de 5 xícaras por dia. “O excesso de cafeína pode levar a arritmia cardíaca, alterar o sistema nervoso, o que provoca agitação e ainda alterar o transito intestinal”, diz.

 

O que comer na hora do lanche

 

A recomendação do tipo de lanche irá depender da estratégia alimentar de cada um. “Habitualmente os recomendados são os naturais, castanhas, bolos e biscoitos integrais e frutas”, comenta Nayara.

 

Hábitos saudáveis para serem adotados

 

Para quem está nesse modelo de trabalho é indispensável que haja o cuidado com o consumo calórico. “O home office faz com que o gasto de energia seja menor. Por isso, é importante estar atento”, alerta a nutricionista. Portanto, opte por alimentos mais leves como proteínas magras, frutas, legumes e verduras, preste atenção ao tamanho das porções e evite o consumo em excesso.

 

A consulta com um nutricionista também é recomendada. “Será feita uma avaliação para saber as necessidades nutricionais e de consumo calórico para adequar o cardápio neste momento de menor atividade”, explica a consultora.

 

Para quem deseja praticidade, mas não abre mão de uma alimentação saborosa e saudável, a Menu You conta com diversos pratos nutritivos e reduzidos em calorias, como os da linha Light. “Eles se encaixam perfeitamente para as diferentes necessidades, além de terem o equilíbrio nutricional”, ressalta Nayara.

 

Se você está trabalhando no sistema de home office, peça o seu prato na Menu You e tenha todo o sabor e praticidade no conforto da sua casa.