Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Frete grátis acima de R$ 300,00

Se você tem diabetes, sabe que para manter a qualidade de vida, algumas atitudes precisam ser repensadas. Com a ajuda da nutricionista Nayara Macêdo, consultora Menu You, listamos cinco hábitos saudáveis para diabéticos.

 

Mas, antes de falar dos hábitos, vamos entender um pouco o diabetes mellitus. Trata-se de uma síndrome de múltiplas causas decorrente da falta de insulina ou da incapacidade da insulina de exercer adequadamente suas funções no metabolismo. Entre os fatores desencadeadores do diabetes estão o sedentarismo, a hereditariedade, a obesidade e o estresse.

 

É uma patologia caracterizada pela hiperglicemia crônica com distúrbios do metabolismo de carboidratos, lipídeos e proteínas. Pode estar associada às complicações crônicas e falência de vários órgãos, mais especificamente olhos, rins, nervos e vasos sanguíneos periféricos. Frequentemente, vem acompanhada de outras doenças como hipertensão arterial e dislipidemia.

 

“Uma alteração na alimentação associada à prática regular e individualizada de atividade física são fundamentais para o controle da glicemia e glicose sanguínea”, diz Nayara, enumerando os principais hábitos saudáveis que o diabético deve adotar:

 

Prática de atividade física

A prática de atividade física ajuda no metabolismo do açúcar no sangue, pois atua diminuindo a ação da resistência à insulina.

 

Controle do peso

O sobrepeso e a obesidade são fatores de risco para o desenvolvimento do diabetes tipo 2. Sendo assim, controlar o peso contribuirá para que o diabético tenha o percentual adequado de gordura. É importante destacar que o aumento da gordura abdominal favorece a resistência à insulina. 

 

Alimentação saudável

Manter hábitos saudáveis é fundamental para a manutenção do peso. Uma dieta rica em fibras favorecerá a redução da velocidade absorção da glicose no sangue, auxiliando no controle da glicemia sanguínea. É importante evitar a ingestão de carboidratos simples (como farinhas brancas, açúcar, doces e pães), dando preferência a cereais integrais, leguminosas, carnes magras e hortaliças.

 

Longe do estresse

Na medida do possível, é recomendado manter-se longe de situações de estresse. Essa condição aumenta a liberação do hormônio cortisol, tendo como consequência o aumento da liberação do açúcar no sangue e o aumento da glicemia.

 

Foco na hidratação

Diabéticos têm maior risco de desidratação do que pessoas que não têm a patologia. Isso porque para livra-se da glicose em excesso no sangue, os rins farão a tentativa de eliminá-la pela urina, mas, nesse processo, muita água é eliminada do corpo. Assim, manter a ingestão adequada de água é importante para manter o corpo hidratado. Ao hidratar-se, o diabético também cuida dos ressecamentos de pele que podem virar lesões. Diabéticos apresentam também complicações do sistema circulatório que tem como consequência dificuldades na cicatrização.

 

Você acha possível adotar para a sua vida os 5 hábitos saudáveis para diabéticos recomendados pela nossa nutricionista? Para a dica sobre alimentação saudável, que tem impacto em outras também, como o controle de peso, se você precisar de refeições práticas e balanceadas, temos uma linha de controle glicêmico que atende às necessidades dos diabéticos. É só escolher seus pratos favoritos e receber no conforto da sua casa. Na hora da refeição, basta aquecer conforme instruções. Temos também as linhas de controle de sódio e de gorduras saturadas para quem, além da glicemia, precisa controlar hipertensão e dislipidemia.